Jingle PDF Imprimir E-mail
Jingle

• Descrição

A palavra vem do inglês e quer dizer música pequena. É uma propaganda feita em forma de música. Como os comerciais produzidos para rádio e TV, na maioria das vezes têm duração de apenas 30 segundos. Jingle é música, e sendo música cria espaço e fica na cabeça do consumidor.

Aplicação

Televisão, rádio, carro volante, internet, etc.

• Execução

Pra começar, o atendimento recebe um briefing da agência ou, mais raramente, do próprio anunciante. Nesse briefing, está descrito o problema a ser resolvido e informações sobre o anunciante, o produto, o público, a estratégia de comunicação, os concorrentes. É comum que venham juntas também palavras e frases-chave, slogan e uma idéia do estilo da música.

Normalmente a criação começa por alguns estudos de letra. Em geral três ou quatro, pelo menos. Um deles é normalmente apresentado para a agência, para verificar se o caminho é certo.

A música é criada de acordo com o estilo definido no processo de elaboração do briefing. A parte da criação da música é, possivelmente, a mais delicada do processo todo. É aqui que se espera encontrar a chamada "idéia musical". É a idéia musical que faz com que o jingle ou a trilha se transforme em um “chiclete” de ouvido, em um sucesso. Sem uma grande idéia musical trilhas ou jingles, por mais bem executados que venham a ser, não vão passar nunca do lugar comum.

Quando o arranjo está pronto, vai para o estúdio de gravação, onde os sons sampleados, sempre que necessário, são substituídos por sons ao vivo. Com a espantosa evolução dos arquivos de som sampleados, isso acontece cada vez menos. Tudo é gravado em sistemas digitais, inclusive os vocais que são as grandes “estrelas” de todo o processo.

Começa a mixagem quando, cuidadosamente, se equilibram os volumes e são aplicados ambientes aos sons da gravação.
Na masterização, a gravação passa por um ultradelicado processo de equalização, compressão e ajuste, que busca atingir o máximo de qualidade possível no material que irá para o ar.

O resultado desse trabalho todo fica registrado na master, e é da master que o cliente recebe as cópias digitais para veiculação. Essas cópias podem ser em CDR, em DAT, em MiniDisc, em arquivos de som em Zip, também enviados pela internet em questão de minutos em formatos como MP3, .WAV, .AIFF ou .SND.
O que vai para o cliente pode ser um CD-R, um DAT, um MiniDisc ou um arquivo de som em Zip, que também pode ser enviado através de internet em questão de minutos em MP3, .IFF ou algum outro formato.

AddThis Social Bookmark Button
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar